terça-feira, 9 de agosto de 2011

Livro: Coraline - Neil Gaiman

 "A história de Coraline é de provocar calafrios. A narrativa dá muitas voltas e percorre longas distâncias, criando um ‘outro’ mundo onde todos os aspectos de vida são pervertidos e desvirtuados para o macabro. Ao mesmo tempo sutil e cruel, o autor gosta de desafiar as imagens simples dos livros infantis tradicionais. No livro, a jovem Coraline acaba de se mudar para um apartamento num prédio antigo. Seus vizinhos são velhinhos excêntricos e amáveis que não conseguem dizer seu nome do jeito certo, mas encorajam sua curiosidade e seu instinto de exploração. Em uma tarde chuvosa, a menina consegue abrir uma porta que sempre estivera trancada na sala de visitas de casa e descobre um caminho para um misterioso apartamento ‘vazio’ no quarto andar do prédio. Para sua surpresa, o apartamento não tem nada de desabitado, e ela fica cara a cara com duas criaturas que afirmam ser seus “outros” pais. Na verdade, aquele parece ser um “outro” mundo mágico atrás da porta. Lá, há brinquedos incríveis e vizinhos que nunca falam seu nome errado. Porém a menina logo percebe que aquele mundo é tão mortal quanto encantador e que terá de usar toda a sua inteligência para derrotar seus adversários." (Skoob)

Neil Gaiman tem o poder de escrever livros com um gosto de mistério incrível! Coraline (vocês devem ter assistido o filme), é um dos meus favoritos escritos por ele!

É uma história bem interessante. Coraline tem dois mundos ao seu dispor. Um mundo em que os pais não lhe dão atenção e um mundo em que eles são amorosos (principalmente a mãe ha ha), mais será que tudo é bonitinho como parece ser? Bom, esse é o livro que indico à vocês! leiam e descubram!



3 comentários:

Eduarda Menezes disse...

Já assisti o filme e é bem dark hehehe ^^
O livro deve ser super legal!
Beijos!

Luana Ferraz :} disse...

O Neil Gaiman é um lindo! rs, esse ,livro é muito bom, mas ando precisando reler ^^

Ingrede Ferreira disse...

já li duas vezes e quando tava fazendo o post me deu uma vontade de ler a terceira!

Postar um comentário